Date – 10 abril, 2017

Muriaé MG Segunda feira 22:40h – homem é baleado e morre horas depois no Hospital

Um homem de 33 anos, morador do bairro Planalto, foi ferido com vários tiros, no início da noite deste domingo (9), no bairro Safira, e morreu horas depois, já durante a madrugada desta segunda-feira (10), no Hospital São Paulo (HSP). Webio Vassali de Oliveira foi baleado enquanto dirigia seu automóvel GM Corsa. Ele estava acompanhado da esposa e do filho de menos de um ano, que não foram atingidas.

Ferido, Webio perdeu o controle da direção, o veículo subiu na calçada e bateu de frente na fachada de um imóvel, danificando também uma porta de aço. Ele foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros, com apoio de policiais militares, sendo encaminhado ao Pronto Socorro do HSP.

De acordo com o registro da Polícia Militar (PM), uma testemunha contou que a família passava de carro pela rua Sebastião Celestino quando um grupo de ao menos quatro homens caminhou em direção ao automóvel e em seguida os tiros começaram a ser disparados contra o carro.

Conforme o relato, não foi possível saber se os disparos foram efetuados por apenas uma ou mais pessoas. Uma motocicleta que estava estacionada na rua foi atingida no tanque por um dos tiros, e a perícia da Polícia Civil (PC) recolheu o total de sete capsulas de calibre 32 na cena do crime.

Ainda segundo a PM, durante o atendimento médico foram constatadas pelo menos 10 perfurações no corpo da vítima.

Os militares relatam ter recebido informações sobre um suspeito, porém, o mesmo não foi localizado, o caso será investigado pela Polícia Civil.
Fonte : Rádio Muriaé

Segunda-feira – 21:30 – Foto de estudantes de medicina de jaleco e com calças abaixadas fazendo sinal de vagina causa polêmica na internet:

O grupo de estudantes aparece na imagem com as calças abaixadas e fazendo um gesto com as mãos típico de uma simulação genitália feminina

Uma foto de um grupo de estudantes do curso de medicina da Universidade de Vila Velha (UVV) gerou polêmicas na internet nesta segunda-feira (10). A imagem mostra sete rapazes trajados com jalecos da instituição capixaba e até um estetoscópio no pescoço. Porém, o grupo aparece com as calças abaixadas e fazendo um gesto com as mãos típico de uma simulação de uma genitália feminina.

A ação dos futuros médicos causou indignação de vários internautas em uma popular comunidade no Facebook. “Por gentileza! Me passem os nomes. Sou do ES e não quero correr o risco de me consultar com algum deles no futuro”, comentou uma internauta. “Sou médico e não consigo achar um resquício de raciocínio que justifique uma foto assim. Aliás, uma foto assim nem merece uma justificativa”, disse outro.

A foto foi publicada pelos próprios alunos envolvidos no Instagram com a hashtag #pintosnervosos. Diversos comentários davam conta de que a imagem seria usada para fazer o convite de formatura dos estudantes.

Por meio de nota, a UVV declarou que repudia qualquer tipo de ofensa a uma profissão tão importante e fundamental como a medicina. “Nosso compromisso com a educação não condiz com conduta apresentada nas publicações”, disse a instituição.

“Hoje à tarde já está havendo uma reunião da coordenação do curso de Medicina para ouvir os alunos da foto e, em seguida, será instaurada uma comissão de sindicância para apuração dos fatos e responsabilização daqueles que tenham transgredido as normas e códigos de ética que regulamentam as ações dos alunos. Deixamos claro que os atos dos alunos foram iniciativas pessoais e em desacordo com orientações que recebem dos professores e coordenadores da instituição”, afirmou a UVV.

A universidade finalizou dizendo: “Deixamos claro que os atos dos alunos foram iniciativas pessoais e em desacordo com orientações que recebem dos professores e coordenadores da instituição”.

O Conselho Regional de Medicina do Espírito Santo (CRM-ES) realizou, na manhã desta segunda-feira, reunião com a coordenação do curso de Medicina da instituição de ensino onde os formandos estudam e confirmou a autenticidade dos fatos.

“Ficou definido, então, que a instituição de ensino aplicará punição compatível com ocorrido e marcará uma reunião para a tarde de amanhã (11/4), em horário a ser definido pela instituição, com todos os alunos do curso, principalmente com os envolvidos, para que o CRM-ES esclareça sobre a seriedade do caso e o flagrante desrespeito à ética profissional”, disse o CRM-ES.

O Conselho acrescentou ainda que se os envolvidos fossem médicos, mesmo que recém-formados, caberia ao Conselho abrir sindicância e um consequente Processo Ético Profissional, cuja punição varia de advertência à cassação do registro de médico.

“O CRM-ES tem adotado ações administrativas, por meio de palestras, para orientar médicos e estudantes sobre a ética profissional. Durante o ano, conselheiros vão às faculdades para alertar sobre a importância da boa postura profissional e, inclusive, realizam julgamentos simulados para mostrar aos recém-formados e futuros médicos a importância da boa prática médica e as ações do Conselho de Medicina”, acrescentou o CRM-ES.

Fonte: Folha Vitória

Segunda Feira – 19:50 – Trabalhador morre após uma árvore cair em cima dele em Reduto -MG

Alberto Lindolfo Heringer, 54 anos, morreu após ser atingido por uma árvore. Ele fazia o corte de eucaliptos na região do Córrego dos Gama, entre Reduto e Manhumirim, na tarde desta segunda-feira, 10/04. Operários encontraram o morador caído ao lado da árvore que ele estava cortando. Eles acionaram o Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar de Reduto. Ao chegarem até o local, os bombeiros confirmaram o óbito. “Infelizmente a árvore atingiu a cabeça do trabalhador. Ele começava a apresentar rigidez, dando a entender que o fato aconteceu algumas horas antes” declarou o sargento Maiquel, do Corpo de Bombeiros. A perícia foi acionada e, após os trabalhos no local, o corpo foi liberado para a funerária.

..

 

Fonte: Portal Caparaó

Segunda Feira – 19:15 – INEP publica edital do Enem; taxa de inscrição ficará mais cara este ano

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) fica mais caro este ano. Para se inscrever, o candidato terá que pagar R$ 82. A nova taxa está no edital do exame, publicado hoje (10) no Diário Oficial da União. No ano passado, a taxa era de R$ 68.

As inscrições começam às 10h do dia 8 de maio e terminam às 23h59 do dia 19 de maio, pela internet, no site do Enem. O pagamento deve ser feito até o dia 24 de maio.

Segudo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), a correção não só levou em conta a variação de preços pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), como incorporou variações de anos anteriores que deixaram de ser aplicadas e parte da diferença entre o custo do exame e a taxa de inscrição.

Atualmente, o Inep cobre cerca de 70% do custo do exame. No ano passado, por exemplo, o custo, de R$ 91,49 por participante, foi R$ 23,49 acima do valor pago. A autarquia diz que, mesmo com a alta, a inscrição no Enem está abaixo da média dos vestibulares do país, que é R$ 140.

Pelas regras do edital, estão isentos da taxa os estudantes de escolas públicas que concluirão o ensino médio este ano, os participantes de baixa renda que integram o CadÚnico e os que se enquadram na Lei 12.799/2013 que, entre outros critérios, isenta de pagamento aqueles com renda igual ou inferior a um salário mínimo e meio, ou seja, R$ 1.405,50.

O Inep informa que vai conferir todos os pedidos de isenção. Caso o candidato não se enquadre, poderá gerar o boleto e pagar a taxa para participar do Enem. Se as informações prestadas forem falsas e for constatada concessão indevida de isenção, o participante será eliminado do exame e terá que ressarcir o Inep.

A partir deste ano, o sistema de inscrição permitirá que o participante informe o Número de Identificação Social, do CadÚnico. Para que a isenção seja validada, é preciso que os dados pessoais sejam iguais aos cadastrados na base da Receita Federal.

Os participantes isentos que não comparecerem nos dois dias de prova e quiserem fazer o Enem 2018 sem pagar a taxa terão que justificar a ausência por meio de atestado médico, documento judicial ou boletim de ocorrência. Caso contrário, perderão a isenção.

 

Enem

O Enem 2017 será realizado em dois domingos consecutivos – dias 5 e 12 de novembro – e não mais em um único fim de semana. No primeiro domingo, os estudantes farão provas de ciências humanas, linguagens e redação. No segundo, as provas serão de matemática e ciências da natureza.

Os resultados das provas poderão ser usados em processos seletivos para vagas no ensino superior público, pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), para bolsas de estudo em instituições privadas, pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) e para obter financiamento pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

..

 

Fonte: Agência Brazil
.2017 © Todos os Direitos Reservados.