Blog do Adilson Ribeiro

Quarta-feira – 22:55 – Família para velório ao desconfiar que morto poderia estar vivo

Um fato inusitado aconteceu durante um velório, na manhã desta quarta-feira (9), na cidade de Santa Helena, no Paraná.

Familiares e amigos velavam o corpo de Neimar Bonetti, de 44 anos, que passou mal e teve a morte constatada na terça-feira (8) em um hospital paranaense. Durante o velório, os presentes estranharam o fato do corpo ainda apresentar batimentos cardíacos (ele estava com um oxímetro acoplado no dedo) e eles achavam que Neimar ainda estivesse vivo.

O morto voltou a ser levado ao hospital, onde a morte foi novamente confirmada. Um médico disse que coração podia continuar emitindo ondas elétricas, embora casos assim sejam raros. “Constatamos que não tinha pulso e não havia reação da pupila, além da rigidez cadavérica. Portanto, ele estava morto”, disse o clínico Fernando Santin, em entrevista ao G1. Ele registrou 74 batimentos cardíacos por minuto, semelhante ao de uma pessoa viva e com as mesmas características.

Fonte: Guia Muriaé

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *