Blog do Adilson Ribeiro

Segunda Feira – 10:25 – Fretes para o Rio já têm taxa de entrega 10% mais cara. Clique na foto abaixo e veja mais

O Rio, um dos maiores mercados consumidores de vendas pela internet do país, vem perdendo espaço. Grande parte dos pequenos e médios empresários prefere não entregar encomendas no estado e aqueles que mantêm passaram a cobrar, em média, 10% a mais no frete para os clientes no primeiro trimestre do ano.

A estimativa é da Tray, unidade de e-commerce da Locaweb, que possui mais de nove mil lojistas em sua carteira de clientes. Para os empresários, além do roubo de cargas e aumento do custo de seguro, logística e atendimento ao consumidor, os problemas de entrega dos Correios e a implementação da taxa emergencial de R$ 3 para qualquer encomenda destinada à capital estão entre as principais causas de desestímulo aos negócios.

— Os pequenos e médios entregam com os serviços dos Correios, e há restrições em parte do município do Rio. Embora os consumidores não recebam (a mercadoria) em casa, eles ainda terão que pagar essa taxa de entrega diferenciada. O cliente culpa o lojista — observa Willians Marques, diretor-geral da Tray.

Para o presidente da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABCOMM), Maurício Salvador, a taxa dos Correios prejudica as vendas pela internet:

— A cobrança de mais uma taxa sufoca ainda mais o microempresário brasileiro. Precisamos de qualidade no serviço e não de taxas adicionais.

Os Correios dizem que “a suspensão da liminar (que impedia a cobrança) comprova que a taxa emergencial pela empresa não é ilegal”.

..

 

EXTRA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *