Blog do Adilson Ribeiro

Terça-feira 17:35 – Município decreta estado de emergência e proíbe viagens de Secretários e funcionários nos próximos 15 dias. Clique na foto e saiba mais:

A greve dos caminhoneiros, iniciada no dia 21 de maio, começa a tomar proporções maiores, atingindo todo o país com a falta de suprimentos básicos. Além do combustível – o estopim da greve – a paralisação dos caminhoneiros atinge todos os setores que dependem de transporte rodoviário. Moral da história: em se tratando de um país gigantesco em que o transporte é quase que exclusivamente rodoviário, em que os supermercados e todos os demais pontos comerciais dependem do transporte, a situação, após nove dias de greve, atinge todo o país.

Em Porciúncula, não está sendo diferente. O município decretou Estado de Emergência e as decisões da administração são:

– Suspensão das aulas na rede municipal de ensino nos dias 29 e 30 de maio;

– A coleta de lixo domiciliar será feita em dias alternados;

– Recolhimento de entulhos será apenas o básico;

– Todos os veículos da frota municipal que estiverem abastecidos estarão à disposição da Secretaria Municipal de Saúde;

– Estão proibidas as viagens de secretários e funcionários nos próximos 15 dias, exceto em caso de extrema necessidade;

– Todos os esforços serão feitos para manter a saúde funcionando para urgências e emergências, além do transporte para pacientes de hemodiálise e quimioterapia, que continua normal.

Fonte: Ascom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *