Blog do Adilson Ribeiro

Quarta Feira – 22:50 – Doente, Geraldo Luís comove a web ao fazer apelo desesperador. Clique na foto abaixo e veja mais

“Nós estamos ajudando a criar uma sociedade com câncer e de diabetes”, declarou o apresentador

Doente, Geraldo Luís foi às redes sociais na terça-feira (7/8) fazer um apelo aos seus seguidores. O apresentador do Domingo Show deixou os fãs preocupados após sofrer uma queda durante a gravação do vespertino, em Goiânia, no fim de junho. Desde então, ele vem se recuperando de uma pneumonia.

No Instagram, Geraldo, que sofre de diabetes, alertou os pais a respeito dos perigos causados pelo consumo do açúcar. “Tenho menos de um minuto para fazer um apelo aos pais que me acompanham: se você tem amor aos seus filhos, pare de dar açúcar a eles”, pediu.

“Nós estamos ajudando a criar uma sociedade com câncer e de diabetes”, frisou o jornalista. No vídeo, Geraldo ainda fala sobre as consequências de sua insistência em alimentos açucarados.

“Diabéticos como eu, que pela teimosia bebia refrigerantes e comia açúcar feito um louco. Paguei um preço pela minha indisciplina. Não se tornem diabéticos como eu, o mundo hoje está lotado de diabéticos. Retire o açúcar completamente da sua vida, onde tiver açúcar. Para você não se tornar, em breve, um doente”, concluiu o contratado da RecordTV.

 

Metropoles

Um comentário sobre “Quarta Feira – 22:50 – Doente, Geraldo Luís comove a web ao fazer apelo desesperador. Clique na foto abaixo e veja mais

  1. Mouraci Stephen Carecho

    “Eu via Satanás cair do céu como um relâmpago” (Lucas 10;18)

    O relâmpago é um repentino clarão supostamente oriundo de uma descarga eletrostática por conta de uma diferença de potencial elétrico entre distintas porções de matéria.
    Deixando-se os aspectos fisiológicos de lado, a ideia mesmo da alegoria bíblica é mostrar o mistério de algo surgir instantaneamente e aparentemente a partir do nada e sem prévio aviso. O céu se refere ao cérebro da pessoa, ou seja, a parte mais alta do corpo e Satanás representa qualquer estímulo sensitivo proveniente do meio externo capaz de sugestionar e induzir hábitos e condicionamentos.
    No futebol, os times entram em campo carregando criancinhas porque os agentes das sombras sabem que diante da TV tem muitas cabecinhas indefesas que mais tarde serão conduzidas pelo fast food emocional dos gols. Os políticos enviam cartinhas de feliz aniversário porque alguém ensinou a criar curral eleitoral. Tem maluco despencando de alturas por conta do selfie ousado que assistiu no último recorde de bilheteria. A indústria farmacêutica e a de produtos hospitalares também pensam no futuro financeiro.
    Assim como é através de um teclado que inserimos dados no processador de um PC, também os órgãos dos sentidos conduzem as “affordances” do ambiente ao cérebro onde serão processadas.
    O apresentador está enganado. Não adianta fugir do açúcar. Qualquer tipo de coisa ou alimento que hoje se consome está engatilhando o sujeito para um futuro próximo.
    Em algum lugar da Terra tem gente com domínio científico de pelo menos 200 anos adiante desse que circula pelas universidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *