Blog do Adilson Ribeiro

Quinta Feira – 23:35 – “Meu pai me estuprou, inúmeras vezes”, diz escritora e evangelista. Clique na foto abaixo e veja mais

Um testemunho impactante da escritora e evangelista Joyce Meyer continua servindo para tocar milhares de vidas ao redor do mundo. Ela precisou superar o trauma do abuso sexual cometido pelo próprio pai, inúmeras vezes ao longo da sua juventude, e hoje conta como Deus lhe fez entender um propósito que parece estar além do entendimento humano.

“Meu pai me estuprou, inúmeras vezes, pelo menos 200 vezes. Não havia lugar onde eu me sentisse segura, crescendo”, disse ela na primeira vez que revelou os abusos que sofreu durante toda a juventude. Na ocasião, Meyer explicou que a sua mãe não teve forças para lidar com a situação.

“Literalmente, o que ele fez foi me estuprar, toda semana, pelo menos uma vez por semana, até os 18 anos. Meu pai, o homem em quem eu deveria confiar, que deveria me manter seguro, foi aquele que me estuprou um mínimo de 200 vezes”, detalhou ela.

Agora Meyer falou novamente sobre o assunto, porém, ressaltando como Deus aos poucos foi trabalhando em sua mente e coração, para lhe fazer compreender o que ocorreu por outra perspectiva.

“Onde estava Deus enquanto tudo aquilo acontecia? Vamos falar sobre isso por um minuto”, propôs Meyer abertamente em sua pregação. “Eu não posso explicar isso para você em minha mente … Eu sei que Deus não me tirou daquela situação, mas Ele me deu forças para passar por aquilo. Na verdade, Deus tinha um plano”, disse ela.

Uma das pregadoras mais lidas no meio evangélico da atualidade, Meyer explicou que aos poucos entendeu que não deveria pensar mais que “não deveria ter vivido aquela situação”. Ela deixou de questionar a existência do ocorrido, para aceitá-la como um propósito de Deus.

“Cerca de três anos atrás, eu disse isso: ‘Mas é claro que eu gostaria de não ter sido abusada’, e Deus me fez parar e refletir. Ele disse: ‘Pare de dizer isso’. E então eu pensei sobre isso e, hoje sei que isso parece loucura, mas estou feliz que tenha acontecido. Você sabe por quê? Porque eu sou uma pessoa melhor agora, melhor do que eu jamais teria sido”, disse ela.

“Eu não sei como tirar algum sentido disso, mas eu sei que Deus me redimiu. Ele tomou o que Satanás quis usar para o meu mal e resolveu isso para sempre”, disse ela, segundo a CBN News, levando os ouvintes às lágrimas.

Perdão e recuperação

Joyce Meyer revelou em outra ocasião que o seu pai lhe pediu perdão pelos abusos. Antes disso, porém, ela havia cuidado dele e da sua mãe quando idosos. Após ela ter lhe perdoado, ele aceitou a Cristo e foi batizado posteriormente.

A evangelista disse que o fato de hoje pregar para multidões e ser ouvida faz parte desse plano. O seu testemunho, consequentemente, está agora fazendo sentido ao ser utilizado como instrumento para impactar milhares de vidas.

“Hoje eu sou mais forte. Eu conheço mais a Deus. Eu entendo a dor das pessoas. E eu acredito que isso me possibilitou alcançar você em sua dor e sua necessidade e dizer a você com toda a minha paixão, que Deus está vivo”, disse ela.

“Você pode se recuperar? Você está olhando para alguém que se recuperou. Amém? Você está olhando para a prova viva, a evidência de que é possível se recuperar”, disse ela. “Não há poço tão profundo que Ele não possa descer e te tirar de lá”, conclui a autora.

 

Gospel Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *