Blog do Adilson Ribeiro

Belford Roxo – Terça-feira – 19:55 – PM investiga policiais por tortura com prancha de cabelo. Clique na imagem para mais informações:

Quatro moradores de Belford Roxo, na Baixada Fluminense, denunciaram à Corregedoria da PM que foram vítimas de uma sessão de tortura na última sexta-feira. De acordo com os relatos dos jovens, cerca de 15 policiais militares do Batalhão de Choque agrediram as vítimas num condomínio próximo à Favela da Guacha. A sessão de tortura envolveu, ainda segundo os depoimentos, além de tapas no rosto, chutes e choques elétricos, queimaduras no pênis de um dos rapazes com uma prancha para fazer chapinha no cabelo, sufocamento com saco plástico e a introdução de um cabo de vassoura no ânus das vítimas.

Exames realizados pelo Núcleo de Perícia da Corregedoria constataram lesões em três das quatro vítimas. Durante a perícia, foi detectada uma lesão com sangramento no pescoço de um dos jovens. Em outra vítima, os peritos coletaram um pedaço de látex próximo ao ânus. O material foi encaminhado para perícia. A assessoria de imprensa da PM confirmou ao EXTRA que “os fatos estão sendo apurados pela Corregedoria”. A corporação informou que as vítimas também foram encaminhados para perícia na Polícia Civil.

A sessão de tortura teria como objetivo, segundo os depoimentos que fazem parte da investigação, obter informações sobre a localização de armas e drogas no condomínio. Três dos policiais foram identificados pelas vítimas. A Corregedoria vai pedir à Justiça as prisões dos PMs acusados.

Fonte: Extra.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *