Blog do Adilson Ribeiro

Quarta-feira – 17:05 – Blogueiro denuncia suposto calote do governo Rogerinho em funcionários da prefeitura de Itaperuna. Veja abaixo:

O blogueiro e influenciador digital Douglas Batalha postou o seguinte texto em seu perfil do Facebook:

Município de Itaperuna prepara grande calote aos servidores. Depois da grande manobra do Governo Bolsonaro com as histórias de achacar o trabalhador, neste momento o prefeito em exercício em um total delírio sob a alegação de ser de orientação do MPERJ, prepara um grande golpe nos servidores do município; uma lei elaborada por juristas contratados de outros municípios com o objetivo de aniquilar o povo de Itaperuna vai cortar gratificações que vão colocar os servidores na miséria total.

Se preparem meu povo vamos todos para a Câmara Municipal de Itaperuna hoje defendermos os direitos dos servidores, exijam que seus vereadores mostrem de que lado eles estão: ou a favor do servidor ou da Quadrilha que pactuada com o inferno só tem um objetivo Roubar Matar e Destruir a nossa tão amada Itaperuna.

Fonte: Perfil do blogueiro Douglas Batalha no facebook.

2 comentários sobre “Quarta-feira – 17:05 – Blogueiro denuncia suposto calote do governo Rogerinho em funcionários da prefeitura de Itaperuna. Veja abaixo:

  1. Ferreira 79

    meu queridos você está equivocado ou a fim de tumultuar.a gratificação não existem lei que e obrigatório. outros municípios também está cortando pra ajudar sua cidade, deixada pelo rombo deixado dos governantes afastados e outra uma cidade de Minas os vereadores reduziu o seus salários prá 1.200,00 reais prá ajudar a cidade . será que os de Itaperuna faria o mesmo. tô pagando prá ver. essa turma de ladrão do cofre público

  2. José Mauro

    Esse imbecil não sabe de nada. O documento apresentado, sem valor algum, menciona processo na justiça do trabalho e ele diz que se trata de coisa do Ministério público.
    Quem lida com a folha de pagamento da prefeitura sabe que há uma festa das gratificações e adicionais. Até pouco tempo pagava-se adicional noturno para funcionário que nunca trabalhou à noite e hora extra pra quem às 16 horas estava em casa fazia tempo.
    Embora eu ache que o prefeito em exercício é mais do mesmo, se esta lei for encaminhada para a câmara, terei que elogiar o mandário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *