Blog do Adilson Ribeiro

Segunda feira 21:50 – CORONAVÍRUS – Dr. Vinícius diz que Itaperuna tem mais de 50 Casos suspeitos e não tem respiradores e nem leitos suficientes. Assista ao vídeo abaixo:

Clique na imagem acima e inscreva-se no Vestibular Agendado da UNIG

16 comentários sobre “Segunda feira 21:50 – CORONAVÍRUS – Dr. Vinícius diz que Itaperuna tem mais de 50 Casos suspeitos e não tem respiradores e nem leitos suficientes. Assista ao vídeo abaixo:

  1. Binho

    Se tivesse pedido ajuda a tempos do governo estadual w.dedral.ja deveria ter hospitais de campana para receber essa demanda toda, porém a incapacidade de administrar uma cidade e agirá uma crise só mostra como estamos bem servidos(largados) aqui.

    1. Sara.

      Vamos ser realistas ! Se realmente se instala um caos desse na nossa cidade a população está morta. Nossa cidade esta abandonada a tempos .
      Da vergonha de fala que se mora em Itaperuna, não tem emprego,saúde precaria .

    1. Cobra

      Mais uma vez estamos vendo o total despreparo e pouco caso com a nossa cidade.
      Um prefeito perdido e desorientado sem saber comandar.
      Mais uma vez a cidade abandonada.
      Já não basta os desvios, super faturamento, serviços maus prestados, ruas esburacadas, esgotos, pagamentos e salários absurdos, vantagens e comissões e por aí vai.
      E agora um pouco caso de quem deveria.
      Em um momento difícil e árduo.
      Se já estava Ruim , Imagina agora !
      Onde está o dinheiro doado pelo governo ???? Faz

  2. Maria sincera

    Não consigo acreditar que esse sujeito é médico! Não sabe nem falar! Que Deus tenha misericórdia de nós! Pq se dependemos da gestão pública do nosso município estamos no sal!

  3. Marinam

    Isso é obrigação do prefeito criar leitos e comprar respiradores pois é ele que fica com o dinheiro do povo, e o que o governo manda para Itaperuna. Cadê o dinheiro?

    1. Ferreira 79

      graças seja Deus Itaperuna não tem caso nenhum e nem vai ter porque Deus vai desmascarar essa turma de políticos corruptos . esse prefeito tá doido que surge caso pra vim verbas pra ele é que a eleição seja adiada mas isso não vai acontecer porque o povo de Deus está orando, e esse pânico vai passar, chega de dinheiro Vinicius cadê o das enchentes que não apareceu até hoje a cidade está um lixo, e você querendo mais dinheiro

  4. Vania

    (A nação tem o governo que merece) é bíblico é só conferir se duvidar.
    Já que- o elegeram tem que respeitar, também é bíblico .oq foi feito foi. Oq não foi feito não foi. ..que o soberano Deus nos proteja

  5. Afrânio Dias Lopes

    O DESCASO QUE CONDENA
    “Homens fracos em tempos difíceis geram tragédias”

    A saúde pública em Itaperuna tem se revelado um verdadeiro martírio para sua gente.
    Falência múltipla de órgãos, infraestrutura precária, superlotação de cargos na Secretaria Municipal de Saúde com apaniguados dos vereadores, ex-vereadores, centenas de comissionados sem nenhuma função, servidores ativos e inativos com acumulações de salários e gratificações, contratos fraudulentos, licitações – quando existem – são direcionadas para integrantes dos esquemas. São tantas irregularidades, suspeições e processos que não daria para postar numa só matéria. Estas são algumas das mazelas de um sistema fragilizado pela corrupção e pelo descaso de todos os desgovernos que passaram por Itaperuna.
    A notícia chega todos os dias sobre a situação de desespero de inúmeras pessoas, vítimas não apenas de doença ou de determinados incidentes que acabam levando-as procurar assistência e onde começa um verdadeiro pesadelo. A má gestão, o desperdício e o desvio dos recursos afetam até a realização de procedimentos mais simples, como fazer um curativo, moldar um gesso, um simples Raios X. A cena é realmente deplorável. Tratar com descaso e irresponsabilidade uma área prioritária como a Saúde é pura crueldade.

    É tanto desvio financeiro que não sobra dinheiro para o que é prioritário.

    Fica claro, portanto, que a dupla, corrupção e má gestão, caminham juntas e resta-nos lamentar e ficar indignados, sendo que as várias denúncias feitas pelo Ministério Público buscando responsabilizar os culpados pelos desvios de recursos destinados não só à Saúde, bem como toda a Administração Pública de Itaperuna, continuam paralisadas no Tribunal de Justiça, aguardando decisão judicial e enquanto isso, a população padece aterrorizada por um inimigo invisível que se aproxima.

    Com certeza você, leitor, deve lembrar desse episódio. Quer dizer: o dinheiro chegou, mas a corrupção impediu que os serviços fossem realizados da maneira correta. O Ministério da Saúde e os Conselhos de Saúde e demais Órgãos de fiscalização precisam acompanhar de perto como esses recursos são aplicados. É inadmissível que uma prefeitura que recebe repasses da ordem de mais de 200 milhões por ano, só para a Saúde, possa estar numa situação degradante dessas.

    Existe uma propaganda enganosa em Itaperuna, construída pelos donos das escolas particulares de Ensino Médio, pelos donos das Faculdades de Medicina e ampliada pela Entidade Filantrópica em Saúde da cidade, sempre afirmando que essa é a “Cidade Referência em Saúde”, tal desfaçatez inclusive, teve o apoio de todos os grupos políticos que passaram pela prefeitura e é só observar que filhos, filhas, netos, parentes e amigos de muitos políticos e comparsas estão fazendo ou já fizeram Faculdade de Medicina sem pagar nada. Agora, quando a necessidade bate às portas da cidade, todos se desincumbem de suas funções e finalidades e jogam a responsabilidade para cima do Governo Federal, que vem financiando estas quadrilhas há décadas.

    Municípios menores como Cambuci e Santo Antônio de Pádua há duas semanas entraram na guerra contra a Pandemia, baixaram decretos com as novas regras de convivência, visando minorar o impacto na vida das pessoas, prepararam sua infraestrutura, treinaram equipes, criaram um Centro de Referência e Informação para qualquer eventualidade, transformaram escolas em possíveis unidades de saúde.

    O “prefeito” de Itaperuna, ironicamente é médico, até esse momento ele não mostrou nenhum interesse em fazer nada em relação a essa ameaça invisível que se aproxima, agora, faz um vídeo dizendo que não tem nenhuma infraestrutura em Itaperuna, não tem para onde levar os infectados, pois o Hospital da cidade disse também não ter condições de receber os possíveis pacientes e faz um alerta para a população ficar em casa.

    Aproveitem esse momento de terror social, isolamento domiciliar e façam uma reflexão do porquê Itaperuna, mesmo sendo a maior cidade do Noroeste do Estado do Rio de Janeiro e recebendo muito mais recursos, tem IDH – Índice de Desenvolvimento Humano baixíssimo, sistema de saúde caro, aparelhado e de difícil acesso, desemprego ou subemprego, mesmo tendo várias faculdades e unidades de ensino superior e técnico.

    Uma pena que não dediquem a mesma atenção e urgência para tragédias invisíveis de nosso cotidiano que vitimam muito mais itaperunenses do que qualquer ameaça vinda de fora. Falo, aqui, de uma em especial: a falta de saneamento básico. O resultado é a cada ano ampliado por doenças ligadas à falta de saneamento básico, inclusive internações hospitalares. Mesmo com a falta de saneamento vitimando todo ano, apenas no Brasil, mais de cinco vezes o número de pessoas vitimadas pelo Coronavírus.

    A gripe H1N1 chegou ao Brasil em maio de 2009, quando se registrou 20 casos da doença nos estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Tocantins. Pouco depois a Pandemia se espalhou por todo o país, no final foram registrados 58.178 casos e 2.101 mortes, talvez bem mais que isso, pois a carência, aliada a ingerência e ao descaso das unidades de saúde em repassar os números verdadeiros, devem ter sido contraditórios aos índices, pois muito mais pessoas em todo o país estavam contaminadas com o vírus.

    Cabe a nós, então, aproveitarmos que a ameaça do Coronavírus colocou a Saúde Pública no centro das atenções e cobrarmos de nossos políticos para se engajarem na luta do combate a corrupção que impede a realização das medidas necessárias ao desenvolvimento que o Município de Itaperuna tanto necessita.

  6. Rivelino

    Esse prefeito tem que tira ele da prefeitura fizeram esse monte de elefante branco no bairro esse Postinho saúde aquele Raul Travassos outro elefante branco já estivesse investido no hospital municipal agora tinha leito mais eu quero ver um prefeito que tira isso do papel.
    Porque não pega Raul Travassos e transforma em leito para ajudar a população esse monte postinho e o upa tava para mantenha o hospital

  7. Alex

    Cadê a verba que o governador deu para Itaperuna nada foi feito cadê a verba os moradores que foi atingido pela enchentes cadê senhor prefeito?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *