Blog do Adilson Ribeiro

Sexta Feira 10:10h – Uso de antena de proteção contra linhas cortantes é obrigatório em motocicletas, ciclomotores e triciclos

A Lei 7.374/16, que obriga o uso da antena fixa em motocicletas para proteger contra linhas cortantes foi modificada.

O projeto de Lei 2.031/16 alterou o texto inicial e incluiu agora a obrigatoriedade da antena também para veículos ciclomotores e triciclos.

É o que define a Lei 7.640/17, de autoria dos deputados Bebeto e Tio Carlos, ambos do Solidariedade, sancionada pelo governador Luiz Fernando Pezão e publicada no Diário Oficial.

Outra mudança definida é que a antena poderá ser retrátil ou fixa, mas continua proibida a dobrável. A medida altera a Lei 7.374/16 e vale para os veículos que estão sujeitos à vistoria anual do Departamento de Trânsito do Estado do Rio de Janeiro (Detran-RJ). O uso do equipamento é obrigatório ao trafegar em vias públicas e a lei já entrou em vigor.

 

Opiniões divergentes

Presentes na votação da proposta, os motociclistas nã Writing Studio projeto de Lei 2.031/16 alterou o texto inicial e incluiu agora a obrigatoriedade da antena também para veículos ciclomotores e triciclos.

É o que define a Lei 7.640/17, de autoria dos deputados Bebeto e Tio Carlos, ambos do Solidariedade, sancionada pelo governador Luiz Fernando Pezão e publicada no Diário Oficial.

Outra mudança definida é que a antena poderá ser retrátil ou fixa, mas continua proibida a dobrável. A medida altera a Lei 7.374/16 e vale para os veículos que estão sujeitos à vistoria anual do Departamento de Trânsito do Estado do Rio de Janeiro (Detran-RJ). O uso do equipamento é obrigatório ao trafegar em vias públicas e a lei já entrou em vigor.

 

Opiniões divergentes

Presentes na votação da proposta, os motociclistas não apoiam de forma unânime a lei. Para o presidente do Conselho da Federação de Motoclubes do Estado do Rio de Janeiro (FMC-RJ), Humberto Montenegro, a medida acaba penalizando o condutor, que é parado em blitz, e, sem a antena instalada, pode ter a moto rebocada.

Integrante do moto-clube Ação sobre Rodas de São Gonçalo, Daniel Gomes, afirmou que os motociclistas não são contra a antena, mas avalia que o foco deveria ser o combate às linhas cortantes no mercado, como a linha chilena. “Hoje, já tem a indiana, e a laser, pior que todas as linhas juntas, porque corta até ferro. Já tivemos casos de acidente envolvendo cortes em carrinhos de bebê. Então é preciso ter fiscalização para impedir o uso dessas linhas, que são perigosas para a sociedade como um todo”, ressalta.

Os deputados lembraram que há um projeto de lei (2.843/14) que está tramitando na Casa para proibir o uso, a fabricação e a venda de linhas cortantes.

 

Blog do Adilson Ribeiro com Informações da ALERJ Writing Studio

6 comentários sobre “Sexta Feira 10:10h – Uso de antena de proteção contra linhas cortantes é obrigatório em motocicletas, ciclomotores e triciclos

  1. Lamentavel

    Multar para arrecadar do menino que usa cerol em local urbano e mais difícil né? Só falta o uso obrigatório de coletes a prova de bala pedida, pois assim também fica mais fácil arrecadar.

  2. David

    Tanta coisa errada neste país e esses políticos miseráveis ainda pensam em ferrar mais ainda a sociedade!!!!
    É por isso que meu voto nas próximas eleições vai ser (nulo), para quem não sabe, se houver mais de 50% dos votos nulos é cancelada a eleição e todos os candidatos não podem concorrer por quatro anos correntes.
    Vamos realizar uma divulgação disso minha gente!!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *