Blog do Adilson Ribeiro

Sexta-Feira – 18:40 – Rachado, PSL em Campos obriga candidatos apoiarem Caio Vianna. Veja Abaixo:

O PSL em Campos voltou a protagonizar mais um capítulo na novela eleitoral na cidade. Desta vez, os holofotes estão voltados para Nildo Cardoso, que está presidente do partido e também é candidato a vereador. O mandatário regional exige que os candidatos a vereador apoiem o candidato a prefeito de Campos, Caio Vianna. E quem descumprir às ordens sofrerá sanções como ficar sem o tempo de propaganda de rádio e TV, além de não ter acesso ao fundo partidário do PSL.

Em áudios publicados em grupos de WhatsApp do PSL, Nildo diz. “Uma coisa é o acordo que existia entre Gil Vianna e Gurgel. Outra coisa é a aliança que nós fechamos com o PDT em Campos. É ela que vai ser homologada pela Justiça Eleitoral; é ela que vale. Nós temos tempo de televisão e rádio correspondente à segunda maior bancada da Câmara Federal. Além do fundo partidário. E temos um acordo com Caio, a quem demos a vice da sua chapa. Quem não caminhar com ela, não terá tempo de rádio e TV, nem material de campanha. E nem poderia. Como um candidato a vereador do PSL vai apoiar outro candidato a prefeito, se no rodapé de toda sua propaganda vai aparecer Caio a prefeito e Gilmara a vice? Isso não é represália, é questão de coerência”,  ameaçou Nildo.

O candidato à prefeitura de Campos, Wladimir Garotinho, disse que imposição nunca deu certo na vida e que líderes são seguidos pelo exemplo, e não pela arrogância.

 

Fonte: Notícia Urbana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *