Blog do Adilson Ribeiro

Terça-Feira – 13:35 – Motivação que poderia levar à tentativa de homicídio contra o prefeito da Uenf em Campos. Veja Abaixo:

Fato causou estranheza na comunidade universitária. O Campos 24 Horas mostra quais são as atribuições do prefeito e as investigações da polícia

A tentativa de homicídio de que foi alvo o prefeito da Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf), Marcelo Pacheco Vianna, e outro servidor da instituição, na Rodovia BR-356, em Martins Laje, Campos, nesta segunda-feira (03), causou estranheza na comunidade universitária e desafia as autoridades policiais. O autor dos tiros disparou quatro vezes e sabia que o alvo era um veículo oficial, pois tem o nome da universidade nas laterais. A reportagem do Campos 24 Horas apurou junto a fontes da Uenf  de que forma atua o prefeito e seu raio de ação, conforme o organograma da universidade. De acordo com a resolução administrativa que criou a prefeitura, trata-se de um dos órgãos executivos complementares da universidade diretamente vinculado à reitoria.

O prefeito tem poder sobre a contratação de alguns serviços terceirizados, como de segurança e limpeza da universidade. São áreas que não devem ser desprezadas nas investigações da Polícia quanto as motivações que levaram ao atentado. Mas, a princípio, o caso ainda é um grande mistério.

Para os próximos dias, a Uenf anuncia licitações milionárias de mais de R$ 16 milhões para reformas no campus. A primeira será no dia 11, para reforma na cobertura de dois de seus prédios no valor de R$ 5.646.050.05.  E a segunda, no dia 18, no valor de R$ 10.583.049,19, para a segunda fase da adequação à acessibilidade. A Polícia também deve apurar se o prefeito tem atribuições neste processo licitatório.

 

COMO ATUA – O raio de ação do prefeito da Uenf é amplo. De acordo com o organograma, o prefeito da universidade é responsável pelo desenvolvimento de ações para o planejamento, operação e controle da estrutura física, relacionadas às atividades de manutenção, zeladoria, segurança, transportes e projetos de engenharia.

 

Atua em todos os campi da universidade que abrangem além do Campus Leonel Brizola, a Casa de Cultura Villa Maria, o Núcleo de Pesquisa em Zootecnia e Produção Vegetal na Escola Estadual Agrícola Antônio Sarlo, a Unidade de Apoio à Pesquisa na Estação Experimental da Pesagro, o Campus em Itaocara e o Campus em Macaé (LENEP e LAMET).

Os dois servidores da Uenf foram alvejados por volta de 9 horas. Segundo a polícia, homens em um carro atiraram contra o veículo em que estavam Pacheco e outro funcionário. Quatro tiros atingiram o carro da universidade.

O fato ocorreu quando o motorista do veículo da Uenf diminuiu a velocidade para passar em um quebra-molas. O prefeito da universidade, segundo ainda a polícia, levou um tiro de raspão no rosto.  Já o motorista não foi atingido. Pacheco foi atendido no Hospital Ferreira Machado e liberado.

 

 

 

Fonte: Campos 24 Horas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *