Blog do Adilson Ribeiro

Segunda-Feira – 23:29 – Estado tem cerca de 1200 famílias desalojados com as chuvas e enchentes depois de fim de semana. Veja Abaixo:

A Defesa Civil do Rio de Janeiro informou nesta segunda-feira (10/01), que o estado possui cerca de 1200 pessoas desalojadas e 300 desabrigadas após fortes chuvas atingirem diversos municípios neste fim de semana. Os dados foram fornecidos pelas prefeituras das cidades afetadas.

Desde de sábado (08/01), o Corpo de Bombeiros foi acionado para mais de 200 ocorrências relacionadas às chuvas no estado, de acordo com a corporação. Nenhuma fatalidade foi registrada.

Segundo a Defesa Civil, os rios transbordaram e causaram transtornos em cidades no norte e noroeste fluminense: Itaperuna, Italva, Natividade, Porciúncula, Bom Jesus do Itabapoana, Laje do Muriaé, Cambuci, Aperibé, Santo Antônio de Pádua e Cardoso Moreira.

Em Porciúncula, a prefeitura contabilizou 600 pessoas desalojadas e 149 desabrigadas, após quatro dias de chuva incessante, e a Defesa Civil do município realizou atendimentos a mais de 200 famílias.

A região Serrana sofreu com deslizamentos, alagamentos e quedas de muros e árvores nas cidades de Carmo, Petrópolis, Teresópolis, Nova Friburgo, Cordeiro, São Sebastião de Alto, Cantagalo, Macuco e Trajano de Moraes.

Na Região Metropolitana, também foram registrados deslizamentos, desabamentos, quedas de árvores e quedas de muros em Niterói e Cachoeiras de Macacu. Em São Gonçalo, a Defesa Civil municipal informou que recebeu 22 chamados relacionados às chuvas desde quinta (6).

De acordo com a Defesa Civil, municípios do noroeste fluminense ainda apresentam alto grau de risco devido aos acumulados de chuva, que podem causar transbordo de rios das bacias de Muriaé, Pomba, Itabapoana e na confluência Pomba e Paraíba do Sul.

O órgão informou que a previsão para esta segunda é de chuva fraca a moderada que pode cair de forma isolada no estado, devido à atuação de Zona de Convergência do Atlântico Sul sobre o Sudeste brasileiro.

A Defesa Civil ainda alerta para o risco de desabamentos e alagamentos e orienta a população a se manter informada através dos canais oficiais. É possível se cadastrar para receber alertas de risco de desastres no celular, mandando um SMS com o número do CEP para 40199.

Em caso de emergências, a população pode acionar os telefones do Corpo de Bombeiros (193) e da Defesa Civil local (199).

 

Fonte: Folha de Italva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *