Blog do Adilson Ribeiro

Prefeito Alfredão troca empresa da Coleta de Lixo por outra com mais trabalhadores, mais máquinas e caminhões e que cobra 4 milhões a menos da Prefeitura de Itaperuna. Veja abaixo:

Após cinco anos, Prefeitura de Itaperuna realiza licitação para a coleta de lixo.

Nós últimos cinco anos, a cidade de Itaperuna teve o serviço de coleta de lixo, transporte de resíduos e varrição sendo prestado por uma empresa sob o regime de contratação emergencial, o que significa que não foi realizado o processo licitatório.

Em geral, tal contratação se dá por curtos períodos visando a prestação de serviços em caráter emergencial, com a finalidade de não deixar a população sem atendimento, até a conclusão da indispensável licitação. Contudo, Itaperuna viu algo excepcional se tornar rotina, quando na gestão anterior, a empresa JLM foi contratada e mantida sob o regime de contratação emergencial entre 2017 e 2020.

Essa contratação foi objeto de inquéritos junto ao MP e ação civil pública, para apuração de denúncias de irregularidades no certame vinculadas ao ex-prefeito Dr. Marcos Vinicius, levando até ao afastamento do antigo gestor diante das tentativas de obstruir as investigações.

Desde o início de seu primeiro ano de gestão, o atual prefeito, Alfredão, determinou a realização do processo licitatório que se arrastava desde 2019 sem qualquer efetivo andamento, com a finalidade de promover legalmente a contratação de empresa qualificada sob a melhor oferta de preço possível.

O processo de licitação foi amplamente disputado, comparecendo 11 empresas para disputa, após uma série de reviravoltas, na última segunda dia 10/01 o certame foi homologado e declarou a empresa Plural Services como a nova prestadora dos serviços ao público orçado inicialmente em R$ 12.983.608,40, sendo a proposta vencedora no valor de R$ 8.302.462,92, gerando uma econômica de R$4.681.145,48 aos cofres municipais.

A Prefeitura informa que, com o novo contrato, além da economia anual de mais de 4 milhões de reais em relação aos valores orçados na licitação, haverá o aumento de 42 colaboradores no serviço de varrição e coleta de resíduos, além de 9 caminhões compactadores novos, Duas retroescavadeiras e 6 caminhões basculantes para execução do contrato.

O processo de coleta de lixo passará por ajustes nos próximos dias com alteração de dias e horários, sendo comunicados à população até o final da semana.

Fonte:ASCOM

5 comentários sobre “Prefeito Alfredão troca empresa da Coleta de Lixo por outra com mais trabalhadores, mais máquinas e caminhões e que cobra 4 milhões a menos da Prefeitura de Itaperuna. Veja abaixo:

  1. sabedoria

    eu quero pedir o nós prefeíto ALFREDÃO MAEGUES para poder dar luvas deverdade os funcionario da prefeitura como luvas máscaras botas eu acho que eles trabalha sem nem uma proteções coreta

  2. [email protected]

    Já tinha passado da hora! Caminhões sem condições de trafegar. Pneus ruins, frenagem só em uma roda, faróis e faroletes queimados, molas quebradas e plataformas quebradas amarradas com cordas para coletores subirem. Totalmente fora dos padrões e durou muito tempo sem dizer q eles querem ficar mesmo tendo perdido o certame. Kkkkkk comédia…

  3. Pedro Martins

    Vamos na torcida que seja a empresa vencedora que cumpri a licitação; só economia financeira não é o único item criterioso; a vida financeira desta com os colaboradores; inovações; ampliaçoes dos serviços não somente contra c + contra v ou cópia e cola de um contrato anterior; essa referência de valor é de comparação com a anterior do uns motivos que chegou ocorrer a intervenção judiciária ? Mas Vamos crescermos ; horários pontuais para que não ocorra de animais passarem antes ; pontos reservado para o reservados ; preservados para o recebimento do descartes gerais; e ate diferenciados como vidros ; papéis e outros…

  4. Mariana

    Os funcionários precisam de proteção total para recolher nossos lixos. Necessitam de Luvas, Máscara, botinas e uniforme adequados para o serviço. Os que mais precisam de proteção, não têm.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *