Date – 1 setembro, 2017

Itaperuna – Sexta-feira – 22:15 – Sem água há mais de 30 dias leitora pede ajuda

“Raposo pede socorro a mais de 30 dias não cai agua na minha casa o povo tem sofrido com o descaso e a falta de ajuda da parte da prefeitura a solução encontrada por alguns moradores foi fretar caminhões para trazer essa agua ate as casas o problema e que a maioria da população ganha um salário mínimo e muitos aposentados mal ganham pras despesas como vão pagar 70,00 , 80,00 reais pra caminhão trazer agua a prefeitura que deveria disponibilizar caminhões pipas pra suprir as necessidades do povo ate ser resolvido a questão da agua mais não o povo que se lasque e resolva isso e uma maldade uma vergonha e somos a cidade das águas parece ironia triste realidade de Raposo”

Imagens e informações enviadas ao Blog do Adilson Ribeiro via WhatsApp (22) 99601 1115

Itaperuna – Sexta-feira – 21:30 – Leitora denuncia ” cachoeira de esgoto”

Boa noite Adilson se você puder publicar essas votos eu te agradeço eu moro no Morro da pedra Branca no Aeroporto onde tem um esgotos estourado e não dar pra gente passar se pisar no esgoto .Eu acho que o prefeito acha que quem mora nas parte alta não é gente muito difícil pras pessoas humildes Srs de já eu te agradeço.

Imagens e informações enviadas ao Blog do Adilson Ribeiro via WhatsApp (22) 99601 1115

Itaperuna – Vestibular UniRedentor Tradicional e Medicina. Inscreva-se Já!

Vestibular de Verão UniREDENTOR – Tradicional & #Medicina

Entre as melhores do PAÍS, segundo a Revista Exame!

Todos os Cursos com notas excelentes no MEC!

A Instituição de Ensino com maior Índice Geral de Cursos da Região, com #IGC4 no Ministério da Educação!

INSCRIÇÃO:

#Vestibular #ENEM #UniREDENTOR #2018.1

Sexta-feira – 20:35 – Porciúncula tem atenção especial a crianças e jovens com deficiência

O CIAME – Centro Integrado de Atenção ao Menor Especial de Porciúncula encontrou uma maneira lúdica de trabalhar com as crianças e jovens que frequentam a instituição. Está realizando o primeiro Festival de Pipas e o envolvimento das crianças está surpreendendo. Eles participam do processo de fabricação para depois empinarem suas pipas.

A arte e a ciência de projetar, construir e empinar pipas envolve uma grande quantidade de conceitos matemáticos e físicos e, além disso, essa arte é utilizada como instrumento pedagógico para se ensinar artesanato, meteorologia, artes plásticas, comunicação visual, e até história e geografia.

Além do festival de pipas, o CIAME está realizando diversas atividades durante esta Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual. Na quarta-feira (30/08), o Professor Doutor Wagner Luiz ministrou uma palestra aos profissionais e mães do CIAME, que também foi assistida pelos formandos do Curso Normal do Instituto de Educação Eliana Duarte da Silva Breijão. Após a palestra, o Instituto de Educação ofereceu um almoço a todos.

Hoje foi dia de missa em ação de graças na Igreja Matriz de Santo Antônio também com a presença das famílias e dos funcionários da instituição.

A equipe multiprofissional do CIAME, coordenada pela professora Ana Luísa Simões Coutinho, realiza um trabalho de excelência com total apoio das demais secretarias municipais, especialmente Educação, Saúde e Transporte. A instituição é uma das únicas do Estado do Rio mantida exclusivamente pela Prefeitura Municipal e atualmente atende a 134 crianças com deficiências múltiplas.

Fonte: ASCOM

Sexta Feira – 19:20 – Café de Porciúncula está no Top 100 de Gastronomia

Que o café faz parte da vida de todo brasileiro, isso todos sabem. Que o café é uma paixão nacional, também não é novidade. Agora, que o café está no topo das bebidas mais apreciadas e consumidas no mundo todo pode ser uma grande notícia para Porciúncula, um dos maiores produtores de café do Estado do Rio.

O município, que muito se orgulha da cafeicultura local, agora tem mais um motivo para ver seu principal produto se destacar no mercado nacional. O Café Iranita, produzido em lavouras sustentáveis de Purilândia, segundo distrito, está conquistando espaços de destaque nacional.

Desde 2005, Ana Regina Rocha Ribeiro e seu esposo Suhail Majzoub  investem na qualidade do Café Iranita 100% arábica, produzindo um grão especial, que está conquistando o paladar dos apreciadores mais exigentes do mercado.

O Café Iranita é um produto da agricultura familiar, produzido em um sítio, onde vive o casal Ana Regina e Suhail e a Sra. Clenair, mãe de Ana, com área de 74 hectares, sendo metade da área de mata nativa preservada, e com especial cuidado pela mata ciliar e as várias nascentes da propriedade. O nome do café  é uma homenagem à família de Ana: Irany seu avô e Nita, sua avó.

O café Iranita, com qualidade acima de 80 pontos está se destacando. Recebeu o prêmio Top 100 da Gastronomia, da Abresi – Associação Brasileira de Gastronomia, Hospedagem e Turismo e tem tido participação especial em grandes eventos do mundo gastronômico. Neste ano, já esteve no Festival Vale do Café (Vassouras), no Rio Gastronomia pelo quinto ano e em diversas feiras regionais. E também tem sido destaque na mídia, como na capa da Revista do Café. Os produtores também participaram de palestras na Casa Brasil (RJ) durante as olimpíadas.

O Café Iranita faz sucesso porque é um café encorpado, suave e sem acidez, e porque tem uma produção especial desde o preparo da terra. “Um dos diferenciais da nossa produção é o cuidado na hora da colheita, que é realizada sobre pano. Depois, os grãos são lavados e separados; despolpado; e seco em estufa”, explica Suhail. “Hoje a propriedade conta com uma estrutura adequada para a produção de um café de excelente qualidade”, completa Ana.Tanto esmero com a produção garantiu à Ana Regina, o Prêmio Sebrae Mulher de Negócios, recentemente.

O Café Iranita só é comercializado empacotado para o consumo. É vendido em grão torrado, moído e, para atingir um mercado a cada dia mais exigente, os produtores lançaram o café em cápsulas. Pode ser encontrado em cafeterias, delicatessens e supermercados de grandes centro.

O Café Iranita de Purilândia recebe apoio através do Programa Prosperar,  da Secretaria de Estado de Agricultura, da Secretaria Municipal de Agricultura, na manutenção de estradas, do Rio Rural e Sebrae, com apoio tecnológico.

Ao divulgar o nome de Porciúncula com um produto de qualidade, o Café Iranita deixa na boca um incrível sabor de orgulho da terra. E nos convida a um dedo de prosa, afinal, o café vai além do hábito da manhã, além da energia extra e das horas pesadas de trabalho. Um bom café também serve para confortar a alma.

..

 

Fonte: ASCOM

.2017 © Todos os Direitos Reservados.