Itaperuna Terça Feira – O desabafo político de Thiego ladeira

thiego
Thiego Ladeira-Ator,diretor e fundador do Grupo CTI
Enquanto aqui em Itaperuna meia dúzia de político com “rabo preso” só toma lado depois que o “baixinho” e o “candidato do Garotinho” mandam, saiba que comigo a coisa é diferente. Acredito em um projeto de país, acredito em um projeto de Estado e acredito em um projeto de município bem mais decente que este que estamos vivendo há mais de 30 anos em nossa terra. Este GRUPO POLÍTICO tenta abafar, ignorar e excluir as pessoas de bem e que querem fazer algo diferente por nossa cidade.Mas por mais que eles ignorem, destruam ou “matem politicamente” todas as lideranças do município , uma hora se tornará inevitável. E este MOMENTO ESTÁ CHEGANDO. Aqueles que desacreditam na força política de um jovem, digo a vocês: NÓS UNIDOS TEMOS TOTAL CONDIÇÕES DE ACABAR COM ESTE CURRAL ELEITORAL QUE PERDURA POR MAIS DE 30 ANOS. 
Só é preciso uma coisa,UNIÃO E COMPROMISSO COM OS CIDADÃOS.Porque de MENTIRA já temos visto há muito tempo. Aprendo POLÍTICA com quem já fez a História do Brasil. Para quem DUVIDA e questiona a minha CAPACIDADE e DETERMINAÇÃO saiba que tenho uma FORÇA DE VONTADE absurda e que mesmo com todas RETALIAÇÕES que tenho SOFRIDO por este GRUPO POLÍTICO que está aí, NADA me AFETA. Não levarei para o lado pessoal o que estão FAZENDO comigo e com a CULTURA , mas quem “bate sem piedade” na CULTURA também está batendo em MIM. Ou seja, se tem PADRINHOS FORTES para OPRIMIR também tenho: O POVO! 
Blog do Adilson Ribeiro

Terça feira- Homem que matou um jovem em frente a um bar foi preso juntamente com um comparsa

acusado-homicidio_1_1_1  presos_1_1_1 viaturas-prisao_1_1_1
droga_1_1_1Policiais Militares e Civis em uma operação conjunta prenderam na tarde de hoje (02) em São Fidélis, dois suspeitos da morte de José Francisco Oliveira da Silva, de 18 anos, que  foi morto com um tiro na cabeça em frente a um bar às margens da RJ 158, ao lado da escadaria que vai para o bairro Jonas de Almeida e Silva, conhecido como Chatuba no último sábado (30).Após um trabalho de investigação e com ajuda de denúncias anônimas, os policias chegaram aos acusados, que estavam em um matagal próximo ao matadouro municipal.Foram encontrados com os acusados, identificados como Bruno Eduardo de Oliveira Azevedo, de 21 anos, e Maycon Antônio Mendonça Marins, de 20 anos, nove buchas de maconha e três papelotes de cocaína.Um cerco foi montado pelos policiais e Maycon foi encontrado deitado no mato e Bruno estava em outro ponto.

A arma  usada no crime não foi localizada apesar dos acusados terem informado a polícia  que a mesma estaria próximo ao “Escadão” que dá acesso as Casas Populares do bairro.

Segundo a informações da polícia os acusados disseram que  a motivação do crime  seria vingança pela morte de uma tia de “Bruno” morta na localidade de Iterere ,  por José Francisco.

A ação foi comandada pelo Grupamento de Ações Táticas(GAT) da 4º Companhia de Polícia Militar composta pelo Sargento Miranda, Cabo Paiva e Soldado De Paulo, com apoio da Polícia Civil e da guarnição do Posto de Policiamento Comunitário(PPC) da Chatuba composta pelo pelo Sargento Joelson e Soldado Aguiar.

Os acusados foram levados para 141ª DP onde o caso está sendo registrado.

São Fidélis Notícias

Relembre:

 Jovem de 18 anos é morto a tiros enquanto bebia em um bar. Assassinato pode ter sido encomendado

baleado-2

polícia-militar-perícia

Mais um crime chocou a população de São Fidélis. Logo no início da tarde deste sábado(30), um jovem identificado como José Francisco Oliveira da Silva, de 18 anos, foi morto com um tiro na cabeça em frente a um bar às margens da RJ 158, ao lado da escadaria que vai para o bairro Jobas de Almeida e Silva, conhecido como Chatuba.

Segundo informações de populares passadas a polícia, José estava bebendo quando dois homens se aproximaram, e um deles efetuou o disparo que acertou a cabeça da vítima.

Ainda de acordo com a a polícia, os suspeitos fugiram correndo pela escadaria em direção as casinhas populares.

José foi socorrido com vida por uma viatura da Central de Ambulância para o Hospital Armando Vidal, mas não resistiu aos ferimento e morreu pouco tempo depois de dar entrada na unidade.

Segundo a polícia, o jovem identificado como F.S.G., de 20 anos, teria indicado quem era a vítima para o autor do disparo, mas o mesmo nega a acusação.

A vítima que morava na comunidade da Baleeira em Campos, possui seis passagens pela polícia, sendo quatro passagens por associação ao tráfico de drogas e outras duas por posse ilegal de arma de fogo de uso restrito da polícia. Em todas as apreensões, ele estava no bairro Pecuária em Campos.

Um perito do Posto Regional de Perícia Técnica Científica(PRPTC) de Campos, esteve no local. O caso foi registrado na delegacia de São Fidélis.

São Fidélis Notícias

x - 2014 © Todos os Direitos Reservados.