Itaperuna – Sábado / 15:00hs – Calor intenso provoca mal Súbito na Cehab

 

wpid-20141220_144821-1024x768_1_1  wpid-20141220_144850-1024x768_1_1

O fato aconteceu na rua José de Assis Barbosa. Uma senhora de aproximadamente 65 anos passava pela rua próxima a Pizzaria Juligan na Cehab, quando começou a se sentir mal e foi socorrida por populares e por uma viatura da PM que passava pelo local. A viatura acionou os bombeiros, que chegaram rapidamente ao local e foi constatado que a senhora teve uma leve queda de pressão e foi encaminhada para UPA …

 

Fotos e Reportagem : Diego Oliveira / Blog do Adilson Ribeiro

Sábado – Rapaz invade casa, agride a ex-companheira e leva seu celular

No Balneário, rapaz invade casa, agride a ex-companheira e leva seu celular

Um caso de invasão de domicílio e agressão está sendo investigado pelos inspetores da 140ª Delegacia Legal de Natividade, após a garçonete M.S.F., de 22 anos, ter comparecido à unidade, para denunciar seu ex-companheiro, com quem viveu por cerca de três anos e teve dois filhos.

Em depoimento, a mulher contou que estava na residência de uma amiga, na Rua Dr. Antônio Pereira Pinto, bairro Balneário, Natividade, quando repentinamente C.J.S.M., que reside no bairro Cehab, Itaperuna, invadiu o imóvel, arrancando o telefone celular de suas mãos, sob o pretexto de vasculhar seu conteúdo.

Como o equipamento possui senha e ela não a forneceu, o homem teria começado a apertar seu pescoço, sendo que neste momento, a vítima teria desmaiado, apenas se lembrando de estar sendo arrastada para fora da casa.

Quando ameaçou chamar a polícia o agressor fugiu do local. Ele deverá ser intimado a prestar esclarecimentos, uma vez que já há episódios semelhantes registrados anteriormente.

Da redação da Rádio Natividade para o Blog do Adilson Ribeiro

Sábado- Suspeitos de assassinar esposa e filhos de Guarda Municipal são presos

DSC_0293

presos-2012-7-e1419089112383

Acusados da morte da mulher e dois filhos de um Guarda municipal são presos no início da manhã deste sábado

Em cumprimento a mandados de prisão, policiais civis e militares prenderam nesta manhã (20) dois suspeitos de terem matado a mulher e dois filhos de um guarda municipal, em Campos.

Um deles, identificado M.S.M., foi preso na comunidade da Chatuba, no Parque Lebret, em Guarus. De acordo com a polícia, foi feito um cerco e o suspeito, que estava em um bar, ao perceber que iria ser preso, correu pulando vários muros de residências, mas acabou se rendendo. Já o outro acusado, K.O.R. foi encontrado na Rua 1, na comunidade do Sapo I, no Novo Eldorado.

presos-2012-5 - Copia

presos-2012-5

Durante a coletiva concedida nesta manhã (20), o delegado  adjunto da 146ª Delegacia de Polícia (Guarus), Pedro Emílio informou que uma testemunha que teve seu nome preservado, estava em frente a sua casa esperando um táxi para ir ao trabalho, quando observou três homens armados tentando invadir várias casas no local. No momento em que a testemunha foi vista pelos criminosos, foram em sua direção e ordenaram que não corresse. A testemunha então se esconde em sua residência. Por sua casa ser segura, os dois acusados entraram em outros quatro imóveis, onde na última aconteceu a chacina.

Ainda segundo o delegado, há dois meses familiares do acusado M.S.M., que na época estava preso, foram baleados por traficantes da praça Pedro Barroso, no Jardim Carioca. Ele teria sido liberto através de um benefício concedido pela justiça para visitar familiares. Hoje uma outra testemunha fez o reconhecimento presencial dos acusados.

“O que se imagina é que essa chacina aconteceu em virtude do primeiro atentado ou houve alguma confusão entre eles naquela madrugada – que não foi possível apurar, mas as investigações continuam”, afirmou o delegado.

Foram expedidos também mandados de busca e apreensão nas residências dos mesmos mas nada foi encontrado.

O terceiro suspeito ainda não foi identificado. O delegado informou que uma das testemunhas relatou um outro homem acelerava o carro a todo momento. ” O certo é que os executores encontram-se encarcerados”, finalizou Pedro Emílio.

DSC_0318

O crime aconteceu no último dia 13 na Rua Pedro Barroso, no Jardim Carioca. A mãe Margarete Correa da Silva Soares, de 52 anos, morreu no local. Ela era auxiliar de serviços gerais na Escola Municipal Santo Antônio. Os filhos, o estudante Maycon da Silva Soares, de 29 anos, e Eva Darcilla Soares da Silva, de 25 anos, foram socorridos e morreram no hospital. A quarta vítima, o pai dos jovens mortos e marido de Margarete, o guarda civil municipal Josias Brandão Soares, de 54 anos, foi baleado na perna direita e no tórax e segue internado no Ferreira Machado.

Fotos: Filipe Lemos/Campos 24 Horas  e Divulgação

Segunda Feira 15/12– Policia afirma ter indentificação dos suspeitos do caso da chacina de Guarus.

família IMG-20141214-WA0021

 

comandanteLevino-5A polícia já tem a identificação dos suspeitos de terem matado mãe e dois filhos a tiros dentro de casa, na manhã do último sábado, no bairro Jardim Carioca, em Guarus, Campos. A informação é do comandante do 8º BPM, coronel Marcelo Freiman. As vítimas eram mulher e filhos do guarda municipal Josias Brandão Soares, de 54 anos, que também foi baleado. Ele está internado no Hospital Ferreira Machado e não corre risco de vida. Josias já conversou com a polícia.

O comandante da Guarda Civil Municipal, Welington Levino, informou na manhã desta segunda-feira que o guarda municipal  é tranquilo e tem 30 anos de serviço público. Segundo ele, Josias não relatou nos últimos dias nada que pudesse levantar suspeita.

O delegado da 146ª DP/Guarus, Carlos Augusto, deverá divulgar a identificação dos suspeitos na tarde desta segunda-feira.

Comoção durante enterro

IMG-20141214-WA0029
IMG-20141214-WA0037 IMG-20141214-WA0034Sob forte comoção, foram enterradas as três vítimas da mesma família que foram cruelmente assassinadas na manhã de ontem (13), dentro de casa no Jardim Carioca, em Guarus, Campos. O enterro aconteceu no final da manhã, no Cemitério do Caju.

A mãe Margarete Correa da Silva Soares, de 52 anos, morreu no local. Ela era auxiliar de serviços gerais na Escola Municipal Santo Antônio. Os filhos, o estudante Maycon da Silva Soares, de 29 anos, e Eva Darcilla Soares da Silva, de 25 anos, foram socorridos e morreram no hospital. A quarta vítima, o pai dos jovens mortos e marido de Margarete, o guarda civil municipal Josias Brandão Soares, de 54 anos, foi baleado na perna direita e no tórax e segue internado no Ferreira Machado.

Segundo um familiar que não quis de identificar, Josias não corre risco de morte e ressalta que a família era inocente. A família era evangélica e frequentava a 2ª Igreja Batista do Jardim Carioca. De acordo com a polícia, nenhuma das vítimas tinha passagem pela polícia.

Os amigos do estudante Maycon colocaram uma bandeira do Corinthians sobre o seu caixão. Os jovens da igreja cantaram um hino no enterro, que foi acompanhado pela Polícia Militar, com apoio da Guarda Civil Municipal.

O comandante do 8º BPM, coronel Marcelo Freiman, falou com o Campos 24 Horas sobre o caso. Segundo ele, uma testemunha foi conduzida para delegacia, a fim de prestar depoimento.

“Já estamos tomando várias medidas. Desde a manhã de ontem intensificamos operações em toda cidade para solucionar o caso e principalmente nas comunidades. Divulgando o trabalho do Disque Denúncia através dos números 190 ou 2723-1177 para intensificação do trabalho de inteligência na busca de informações, que possam ser repassados para delegacia e alimentar o serviço da Polícia Civil. Estamos em vários pontos da cidade com operações, intensificando a abordagem de carros e motos. Por enquanto estamos colhendo todas as informações. Esse caso aconteceu dentro de uma residência, o que é quase impossível da polícia evitar a ação dos acusados. Precisamos que a população colabore para solucionar esse caso, ligando e informando sobre algo de estranho, fazendo denúncias pelos números que a polícia disponibiliza. Vários policiais de folga se prontificaram a colaborar com a segurança da comunidade. A polícia está se empenhando ao máximo para resolver essa situação e até mesmo para tranquilizar a população. Estamos com apoio de militares dos Batalhões de Pádua, Itaperuna e Macaé”, afirmou o comandante Marcelo Freiman.

O velório

Acontece sob forte esquema de segurança da Polícia Militar, com o apoio da Guarda Civil, o velório da mãe e filhos que foram assassinados dentro de casa na manhã de ontem (13), no bairro Jardim Carioca. Também foi baleado o guarda civil Josias Brandão Soares, de 54 anos, que encontra-se internado no Hospital Ferreira Machado(HFM). As vítimas eram esposa e filhos do guarda.

Os familiares das vítimas se mantêm em silêncio. A PM também não divulgou se descobriu quem são os acusados. Uma equipe da Polícia Militar se colocou a poucos metros da igreja onde está acontecendo o velório, no bairro Jardim Carioca, já que houve denuncia de que o local seria invadido pelos envolvidos com as mortes.

O comandante do 8º BPM, coronel Marcelo Freiman, esteve no velório durante a noite e prestou solidariedade a  família. Cerca de 200 pessoas entre amigos e familiares estão no velório. O enterro será no Cemitério do Caju ainda neste domingo (13).

Jovem foi o último a morrer

O crime que chocou os moradores do Jardim Carioca teve mais uma vítima fatal. O jovem Maycon da Silva Soares não resistiu aos ferimentos e faleceu na tarde deste sábado (13), por volta das 15 horas. Segundo informações do hospital, Maycon levou nove tiros, chegou a fazer uma cirurgia, mas acabou morrendo. Outra vítima, o guarda civil municipal Josias Brandão Soares, de 54 anos, permanece em estado grave no HFM. Ele

Como aconteceu

morte_j.carioca1Dois homens armados invadiram uma  casa do guarda municipal Josias Brandão Soares, mataram mãe e filha e balearam o filho de Josias, Maycon, por volta das 6h15 deste sábado(13),  na rua Pedro Barroso, no bairro Jardim Carioca, em Guarus, Campos.

De acordo com informações da polícia, os suspeitos estavam em um bar no mesmo bairro, quando houve uma discussão com um homem. Em seguida, ele saiu do estabelecimento. Os acusados saíram atrás para procurá-lo e entraram em duas casas na mesma rua, mas não o encontraram.

No portão de uma casa estava um rapaz, identificado como Maycon que viu os homens armados e entrou correndo. Neste momento o carro modelo Corsa, de cor vinho parou em frente à casa, dois homens desceram e um ficou no interior do veículo.

Os dois acusados invadiram a casa e efetuaram vários disparos contra as vítimas. A mulher foi identificada como Margarete Coreia da Silva Soares, de 62 anos, morreu no local.

Na residência estavam outras três pessoas, que foram socorridas pelo Corpo de Bombeiros e encaminhadas em estado grave ao Hospital Ferreira Machado (HFM). A jovem Eva Dacilar Soares da Silva, de 25 anos, não resistiu e morreu já na unidade hospitalar. Maycon e Josias Brandão Soares, de 54 anos permanecem internados.

A polícia ressalta que as vítimas eram inocentes. Buscas estão sendo feitas para prender os acusados. O caso foi registrado na 134ª DP/Centro, responsável pelo plantão do final de semana.

Fonte: Canpos 24 horas.

PROMOÇÃO – Concorra a uma verdadeira transformação no Studio de Beleza. A ganhadora terá direito a uma hidratação e uma escova para dar aquela repaginada no visual!

Para participar, basta curtir a fanpage do Blog do Adilson Ribeiro e deixar um comentário(aqui no blog) com o nome do mais novo salão de beleza de Itaperuna e seu endereço.

Studio de beleza2

Para curtir a fanpage basta acessar o link https://www.facebook.com/BlogDoAdilsonRibeiro e clicar onde mostramos na imagem abaixo.

fanpage

BOA SORTE!

x - 2014 © Todos os Direitos Reservados.