Blog do Adilson Ribeiro

Quinta Feira – 22:55 – Bandidos atiram contra policial militar em tentativa de assalto. Clique na foto abaixo e veja mais

Três homens foram presos e um revólver apreendido

Três assaltantes tentaram roubar um policial militar de folga e ainda atiraram em sua direção na noite desta quarta-feira (3) no bairro Codin, em Guarus, Campos. O caso aconteceu em uma rotatória em um local conhecido como ‘Pistão da Codin’. Os bandidos foram presos no Parque Eldorado.

Segundo informações da polícia, os criminosos estavam em um veículo Golf prata de placa já identificada. Eles tentaram, com arma em punho, abordar o cabo da PM, que não parou e um dos bandidos atirou, mas o policial não foi atingido. Imediatamente, a vítima acionou uma equipe da PM que saiu em busca do veículo para tentar identificar e prender o trio. Momentos depois, a PM se deparou, na Avenida Carmem Carneiro, com o veículo, tendo o condutor tentado fugir pela Rua do Ciep do Eldorado, porém foi cercado na Rua Benedito Rubens Pinto. Três suspeitos – M.M.S.V.S., R.S. e W.O.B. – foram presos com um revólver calibre 32 com quatro munições intactas e uma deflagrada.

Em seguida, foi feito contato com a vítima, que reconheceu o veículo e os autores.

O caso foi registrado na 146ª DP/Guarus, onde os dois foram autuados e permaneceram presos.

 

CAMPOS 24H

Um comentário sobre “Quinta Feira – 22:55 – Bandidos atiram contra policial militar em tentativa de assalto. Clique na foto abaixo e veja mais

  1. Luiz Carlos Soares DE souza

    Boa noite

    é interessante fazer uma política de preservação ambiental nessa região, afim de reflorestar os altos dos morros e as margens do rio muriaé, para que os lençois feráticos retornem a transbordar e a água reapareça nas propriedades,com árvores nativas, como o anjica vermelho , o jacaramdá os ipês lilás e branco , a andiroba, a maçaranduba , o cedro a caviuna , as canelas , o jacaré , organizando mutirões .
    No Rio de Janeiro no século passado toda afloresta da tijuca foi reflorestada pelo major Archr e quatro escravos e as águas retornaram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *