Blog do Adilson Ribeiro

Itaperuna – Quarta Feira – Passeata contra o bloqueio de verbas da educação.

2 comentários sobre “Itaperuna – Quarta Feira – Passeata contra o bloqueio de verbas da educação.

  1. Anonimo

    Triste ver que nossas crianças e adolescentes estão sendo manipulados por esta corja da esquerda, primeiro eles deveriam pesquisar a fundo e entender o motivo dessa contigência da verba.

  2. Desacocheio

    Primeiro o ministro disse que o contingenciamento seria dirigido somente a três universidades por balbúrdia e doutrinação. Depois de chuva de críticas disse que seria para todo ensino superior e técnico Federal.
    Agora insiste que o contingenciamento é de 3,5% e não de 30%. Ocorre que o percentual menor refere-se ao total do valor destinado ao MEC, incluindo o ensino fundamental. Quando se aplica o contingenciamento somente ao valor destinado ao ensino superior e técnico, isso representa quase 25% do montante. Isso o ministro não diz.
    O motivo do contingenciamento é simples: não tem dinheiro. O problema está no fato de que não há critério. O único critério é de que o que for despesa discricionária deve ser contingenciada. Ocorre que há, por exemplo, pesquisas importantes que tem quase sua totalidade de despesa enquadrada como discricionária.
    Economizar energia e água em escritórios e salas de aula é algo factível, mas como fazê-lo num hospital universitário?
    Ainda cabem mais argumentos contra a forma de implementação do contingenciamento e nenhuma de cunho ideológico ou partidário.
    Só pra lembrar: o presidente não foi eleito pela vontade da maioria da população, mas sim pela maioria dos votos válidos. Se somarmos os votos válidos no outro candidato mais os votos nulos e brancos, estes superam os dirigidos ao nosso presidente. Ou seja, há um número maior de eleitores que não escolheram o Sr Jair Bolsonaro como presidente.
    Os que defendem este governo se apresentam tão ideologicamente contaminados quanto os que querem o Lula livre. Quem perde com isso é a Democracia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *