Blog do Adilson Ribeiro

Terça feira Serra 20:54 – Jovem é dada como morta em acidente; o pai dela vai para casa e o Hospital liga dizendo que ela ainda estava viva. Clique na imagem abaixo e saiba mais informações…

Clique na imagem acima e inscreva-se
no Vestibular da UNIG

 

Familiares e amigos da estudante Karen Bianchi Botelho, de 19 anos, que se envolveu em um grave acidente na noite do último sábado (07), em Carapina, na Serra, estão confiantes com a recuperação da jovem.

A moça deu entrada em estado gravíssimo no hospital do município, depois que o carro em que ela estava foi atingido por um caminhão carregado abóboras. Além dela, outras seis pessoas estavam dentro do veículo. Três delas não resistiram aos ferimentos e morreram antes mesmo de serem socorridas.

Segundo a pai de Karen, além do susto de receber a notícia sobre o acidente que envolvia a filha, ele contou que recebeu informações falsas afirmando que a filha teria sido uma das vítimas fatais. Muito abalado, o pai da jovem disse que chegou a informar aos amigos de Karen sobre o falecimento dela.

“Fui informado que ela havia falecido e, em seguida, a perícia que esteve no local me entregou a sacola com a Carteira de Identidade dela, ensanguentada, e com o celular. Depois de 50 minutos, já em casa, até havia informado aos amigos e familiares do pior, me ligaram do [hospital] Jayme me pedindo para ir ao local. Quando cheguei, me informaram que ainda estava viva”, conto.

O Acidente:

O acidente aconteceu por volta das 23 horas da noite do último sábado. O veículo, que transportava sete jovens, seguia na altura do bairro Carapina, na Serra, quando um caminhão carregado de abóboras colidiu com o carro. Três pessoas morreram e outras quatro foram socorridas para um hospital da região.

Entre as quatro pessoas socorridas com vida, está a Karen. Ela está internada no Hospital Jayme dos Santos Neves, na Serra. Ela está internada na ala de casos mais graves do hospital, mas já houve melhora, saindo do estado gravíssimo para grave. Ela tem uma série de fraturas e corre riscos, mas a família tem pensado de forma positiva. “Temos que esperar, um dia após o outro, para ver se vai evoluir ou não”, afirma o pai.

Segundo a Polícia Civil, o condutor do caminhão, Rodiney dos Santos Rodrigues, 30 anos, foi autuado em flagrante por triplo homicídio culposo e encaminhado ao Centro de Triagem de Viana. O mesmo fez teste alcoolemia, que deu negativo para consumo de álcool.

Fonte: Folha Vitória

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *