Blog do Adilson Ribeiro

Quinta-feira – 22:40 – Agentes de Segurança do DEGASE apreendem drogas com menores infratoras

Durante a tarde desta quarta feira (25/10) Agentes de Segurança lotados na unidade feminina Professor Antonio Carlos Gomes da Costa (PACGC), localizada na Ilha do Governador, apreenderam cerca de 11 gramas de maconha com duas internas. O material entorpecente foi encontrado com as duas jovens no interior da viatura do Órgão, no momento em que retornavam do Centro de Capacitação (CECAP) do DEGASE, local onde são oferecidos cursos profissionalizantes para os internos, também na Ilha do Governador, para a unidade onde cumprem medida de internação.
Como nenhuma das socioeducandas assumiu ser a dona do material, os Agentes responsáveis pela escolta conduziram ambas para a 37DP, onde foi feito o registro de ocorrência como fato análogo ao uso de entorpecentes. As internas retornaram para a unidade. O material ficou apreendido na Delegacia Policial (R.O 037-05193/2017).
Após o registro da ocorrência, uma das inermes confessou que a droga havia sido repassada por seu companheiro durante a realização de um curso profissionalizante no degase. O jovem já havia cumprido medida de internação, estando atualmente em liberdade assistida (medida em que o jovem está em liberdade, com a condicional de estudar, realizar cursos e se apresentar em juízo sempre que solicitado).
Os Agentes do DEGASE vem criticando bastante a forma como são realizados os cursos de capacitação profissional no CECAP. Segundo eles, por motivos de pressão de ONGS e Instituições que operam no local, em conjunto com a política praticada pelo Órgão, a oferta de cursos é feita sem condições mínimas de resguardar a segurança de todos os envolvidos, uma vez que não há aparelho scanner no Centro de Capacitação. Os cursos são oferecidos simultaneamente para internos privados da liberdade e para jovens que cumprem medida de semiliberdade, estes com acesso ao meio externo, portanto podendo levar drogas, armas e celulares para o local, que seriam então repassados para os internos durante os cursos e nos banheiros do local. Diversas apreensões de drogas já foram feitas no local, porém até o momento a Escola de Gestão Socioeducativa Paulo Freire (ESGSE), setor do DEGASE responsável pela organização e oferta dos cursos, não adotou qualquer medida no sentido de prevenir a situação.

Blog do Adilson Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *