Blog do Adilson Ribeiro

ITAPERUNA – Terça feira – 11:38 – Prefeito Rogerinho: “Aidê no consórcio é NEPOTISMO, não tem perseguição, Amanda como VEREADORA, deveria saber disso.” Veja mais abaixo:

Após a publicação do Vídeo abaixo o Prefeito Rogerinho entrou em contato com o Blog do Adilson Ribeiro para dizer o Seguinte: “Aidê no consórcio é NEPOTISMO, não tem perseguição, Amanda como VEREADORA, deveria saber disso.”

Continua após a Publicidade:

Clique na imagem acima e inscreva-se no vestibular da UNIG

Assista ao Vídeo abaixo:

5 comentários sobre “ITAPERUNA – Terça feira – 11:38 – Prefeito Rogerinho: “Aidê no consórcio é NEPOTISMO, não tem perseguição, Amanda como VEREADORA, deveria saber disso.” Veja mais abaixo:

  1. Pedrosa

    Essa mulher aí, Amanda da Aidê, antes de estar vereadora e agir como tal, deveria pensar como um ser inteligente ,coisa que vereador faz muito pouco ou quase nada, e entender que há perseguição de ambos os lados. Esta câmara também persegue o interino Rogerinho e ela é uma das pessoas que agem assim por interesse pessoal. Tudo que foi denúncia envolvendo o Marcus Vinícius, esta, ainda presidenta da câmara, arquivou todos os processos e pedidos e investigação, todavia, querem cassar de qualquer maneira o Rogerinho; tudo porque ele deu fim aos cabides de emprego, sendo muitos deles de interesse direto dos vereadores visando seus eleitores (usando o dinheiro dos cofres públicos para se promoverem). Nessa queda de braços, sobrou agora para a Aidê mãe da vereadora Amanda. Reparem que ninguém; nem legislativo, nem executivo brigam por melhoria na qualidade de vida da população. A briga sempre está no âmbito pessoal do vereador e do prefeito. Pé na B* dessa gente na próxima eleição!

  2. Ouriço Cacheiro

    Quem tiver sem pecado, atire a primeira pedra. Assim, como eles não te condenaram, nem Eu… vai e não peques mais. Ou seja, muda de vida. Chega de cambalachos e falcatruas com o dinheiro público. Vão trabalhar pelo povo.

  3. PAULO TOLEDO

    Quero crer que seria nepotismo se a sra Aidê estivesse trabalhando como acessor da vereadora mas se ela está trabalhando no executivo ou em uma empresa terceirisada fica excluída a acusação de NEPOTISMO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *