Blog do Adilson Ribeiro

Terça-feira – 23:50 – Homem é assassinado pela sogra em Guarapari. Veja Abaixo:

O ajudante de pedreiro Magno Benevides, de 27 anos, foi morto pela sogra na madrugada de ontem, em Guarapari. Magno foi enterrado no final da manhã de hoje, em um cemitério da comunidade de Rio Grande, no interior de Guarapari.

 

Continua após a publicidade:

Clique na imagem acima e inscreva-se no Vestibular Agendado da UNIG

 

Magno foi enterrado hoje. Foto: Redes Sociais.

O crime aconteceu no bairro Prainha de Olaria. De acordo com familiares de Magno, a sogra dele acabou colocando pessoas desconhecidas dentro da casa, que invadiram o quarto da namorada de Magno, e uma enorme confusão começou.

Durante a briga, a sogra pegou uma faca, e foi na direção da própria filha, mas o genro acabou entrando na frente, e foi esfaqueado.

Parentes de Magno contam que a faca atingiu o fígado do rapaz, que chegou a ser socorrido para o Hospital Antônio Bezerra de Faria, em Vila Velha, mas não resistiu ao ferimento e morreu.

“Ele perdeu muito sangue ainda na casa. Foi a sogra dele que ligou para a polícia e contou tudo o que aconteceu. Uma ambulância que levou ele para o hospital. Mas ele sofreu hemorragia interna e acabou não resistindo. A morte foi confirmada aos familiares por volta das 10h de ontem”, disse a prima, a vendedora Gabrielle dos Santos Barbosa, 27 anos.

Após o crime, a sogra foi levada por militares para a delegacia de Guarapari. Ela prestou esclarecimentos e foi liberada.

“Ele era uma pessoa muito tranquila e nos deixa saudades. Ele estava namorando com essa mulher que tem um filho de menos de dois anos. Ele o tratava como filho também. No domingo ele passou o dia visitando os parentes, e levou a criança, inclusive. Parecia que ele estava se despedindo da gente. Como é triste lembrar disso”, relata a prima, que escolheu Magno para ser padrinho da filha dela.

O crime está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da cidade.

Segunda morte. Na noite de ontem, um homem com uma tornozeleira eletrônica foi morto a tiros no bairro Santa Mônica. Diógenes dos Santos já estava caído em uma rua do bairro, quando populares chamaram a polícia. O corpo de Diógenes foi levado para o DML de Vitória.

A Polícia Civil de Guarapari com o apoio da Polícia Militar e o cão farejador realizou diligências pelo bairro durante esta terça-feira. Os suspeitos já foram localizados.

Fonte: Portal 27

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *